terça-feira, 20 de março de 2012

Relato do Parto

Publicada por Futura mãmã
Oi meninas... Hoje fica aqui o meu relato de parto ksks. Aqui vai ficar escrito a experiência "parto" da minha vida.
Então o parto induzido estava marcada para dia 12 de Março de 2012,(segunda-feira), no Hospital N.S.Rosário, Barreiro, e assim foi ... Eram 9 horas da manhã, chegamos lá, fiz a ficha, e entramos... o papai com as malas e eu com o Diego na barriguinha... Ia calma, sem medos... Depois de ter feito a ficha, entrei para o bloco de partos, disseram ao namorido para esperar lá fora ou ir por a mala ao carro e deixar so' o saquinho com a primeiras peças de vestuário do Diego, mais uma mantinha, uma fralda de rabo e uma fralda de pano. E assim foi... O namorido foi para a sala de espera e eu entrei para uma salinha com duas pessoas do serviço hospital, elas viram quantas semanas eu estava, viram a minha pressão, " estava normal ", perguntaram mil e um dados sobre mim e sobre o papai do bebe.
Depois sai dessa sala e fui para uma outra sala com uma enfermeira "acho", ela deu-me duas batas para vestir como se fosse um robe, deram-me um clister e mandou-me para a casa de banho. Vesti as batas, pus o clister e puff fiquei vazia em segundos ahahah ( bem que ela disse que aquilo era super rápido!!! ) Rs.
Depois fui encaminhada até a sala de partos, lá mandaram-me deitar, puseram-me a ser monitorizada no ctg, a verem as minhas contrações (inexistentes, pois eu não tinha qualquer contração), e os batimentos do coração do pequeno.
(Eu não me recordo das horas, apesar de estar a olhar para o relógio) !
De seguida iam aparecendo lá várias pessoas do serviço, super jovens por sinal, e apareceu um homem bem adulto, médico parteiro, que pôs conversa comigo, conhecia a minha terra blá blá blá, e pumba a primeira dose de remédio para o trabalho de parto, devia ser umas 11 horas da manhã sem muito erro na hora...
E assim fiquei a ser monitorizada, a soro, e  a fazerem-me toques até as 17 horas da tarde, o namorido sempre a meu lado, só saia para comer alguma coisa e voltava de novo ks, até trouxe uma revista para vermos eheh. As 17 horas da tarde eu ainda não tinha nem uma dorzinha, o bebe estava super alto, e eu bem fechadinha e sem qualquer dilatação aff , mandaram-me levantar, ir andar no corredor, tomar um duche e beber um chá. Então o namorido foi mandando de novo para a sala de espera... e eu fui tomar duche, de seguida andar pelo corredor, e ai começaram as dores ksks, dores que foram aumentando e quando davam já eram fortes ks. Bebi um chá e continuei a caminhar tal como elas me mandavam fazer... Andei para lá e para cá por volta de 1hora, 1h hora e meia ... Acho .
De novo fui para a sala de partos, o namorido para ao pé de mim denovo, pelo menos estive sempre a companhia e as palavras dele a meu lado, obrigado meu amor... Fiquei assim com pequenas e leves dores até as 19h da noite, e vá de toques (aff, chegou a um ponto que me doia mais a parte de baixo por causa de tanto toque, dos que as ditas contrações ) ... Mandaram-me de novo deitar, de novo a soro e a ser monitorizada  e vá mais toques... e assim foi até as 9h da noite, eu aí com dores que já se faziam bem sentir, mas ia vendo tv ( ao menos tive tv na sala de partos ), falando com o namorido, rindo com as maluquisses dele e das minhas próprias dores...
( A partir daqui já não me lembro das horas de ocorrencia das coisas ! )
A certa hora foram fazer mais toques e eu já estava com 4 dedos de dilatação, nessa hora as dores já eram bem fortes, ( Como foi horrivel terem-me feito tantos toques seguidos, por várias mãos e cada pessoa dizia uma coisa ! Nunca ninguem achava igual a outra aff ) . Disseram-me que estava a ser rápido ( Oi ?? rápido ?? Oh sim na cabeça delas e deles sim. Na minha sem duvida que Não, mesmo ! ). Perguntei se não desse assim, se faziam alguma coisa mais. Uma médica respondeu : Claro que não fazemos mais nada, está a ter parto induzido, não sabe que para ter um filho tem que sentir dor e sofrer um bocado?? Isto até está a ser rápido acredite. E pronto o médico deu a palavra final, ainda estava alto no fundo dos confins, e eu bem fechadinha !!!  Mandaram o namorido sair da sala, e deram-me a primeira dose de epidural, levei deitada, super fácil de levar, não doeu nada e recomendo a toda agente que levem epidural sem medos do que possa acontecer... Pois ajuda muito nas contrações. Não tira as dores, mas apazigua um bocado o tempo delas, tornando-as mais curtas.
Ok, lá continuei mais umas horas... Sendo seguida por muita gente mesmo, muitos toques mesmo, a epidural passou e mais uma dose, a dilatação igual, eu igualmente fechada... Até que num dos toques ( que foi uma bruta que lá apareceu e me o fez ) ao enfiar aquilo lá até lá não sei onde e me magoar para caramba, me rebentou as águas com a brutidade, mão dela. Levantei-me, mudaram a cama que ficou inssupada de água, deitei-me denovo, puseram-me a argália, a pôr não senti nada, nem quando fazia as necessidades eu sentia que estava fazer.... As horas passando, os toques a continuarem, muita conversa entre eles, as dores imensamente fortes, eu já suspirava e fechava os olhos de tanta dor e a epidural estar a passar, eu já só sentia imensa dor até que as dores se aponderaram de mim e tive que chorar...Não dava mais ... O ctg tudo normal até que uma certa pessoa do serviço hospital apareceu lá, olhou e chamou outra, eu ouvi dizerem que isto não avançava, que o ctg tinha algo que ela não gostou e que o bebe devia estar com circular. Apenas perguntei : está tudo bem? E obtive resposta : Sim está tudo. Disse pro namorido acho que elas não gostaram do que viram.
Mais um toque o médico queria por tudo que o bebe vira-se e nada. Ele estava torto e não encaixado. E sim o ctg já não foi tranquilizante.
Nessa altura eu só chorava de dor, já não tinha forças, o namorido "farto" de me ver assim, eu só diziam que nunca mais, e para fazerem algo que eu já não aguentava de tanta dor... Ele ali a ouvir-me, eu a chorar e a pedir ajuda e nada... E estive assim ainda um belo tempo. Até que as 11 horas o turmo deles estava acabar, e eles tiveram que fazer alguma coisa. 
O ctg já estava dar não tranquilizante, eu não passei dos 4 dedos de dilatação e o bebe de lado com circular. Disseram-me vamos para cesariana. Eu disse ok, mas façam alguma coisa pois eu já não aguento mais e tive de resposta : Não pensei que vamos fazer cesariana para lhe tirar as dores, vamos fazer porque tem mesmo que ser feito. . . Nem me limitei a responder, ignorei, comi, calei-me e tentava aguentar as dores, apesar de ter sido um alivio ter ouvido aquilo.
Esperei mais um pouco até que mandaram o namorido embora, e na maca em que eu estava deitava a levaram-me até a sala de cesariana. A sala era enorme, cheia de luzes e material, suspirei fundo, já só tremia,  aguentei as dores, aquele sofrer estava acabar, em segundos ia ver o meu filho isso me tranquilizava.
Deram-me denovo a epidural para fazerem a cesariana. A anestesista pôs-se a falar atrás de mim, com tom de chateada para mim. E disse-me : - Voce está aqui e vai ter que ajudar, tem que saber distinguir o que é sentir e o que é ter dor. Você tem que sentir, isso é lógico vão mexer dentro de ti mas não pode sentir dor. Beliscou-me com força o ombro e eu disse que senti, depois beliscou no sitio que iam cortar ( que hoje, 8 dias depois ainda ta a marca negra ), eu disse que sentia, mas menos. Ela voltou a ralhar : - Mas tu sentes? Mas a bocado a anestesia fez efeito e dizias que não sentias as contracções e agora sentes eu a beliscar-te?? Assim não estás a ajudar. Foi buscar algo frio. Pôs no ombro eu senti, pôs no sitio que iam cortar e eu disse não não sinto. Puxaram a cortina para a minha frente e lá começaram, eram 11h 45, eu sentia impressão, sentia mexerem-me, sentia arrancarem algo de mim, mas não senti qualquer dor. Ela perguntou se eu queria ver o meu bebe quando ele nascesse ou se também não queria ver. Eu disse que queria sim e no meio sorri. Ela disse á pronto pensei que também não quisesse ver. Eu calei, voltei a não dizer nada, estava concentrada a me acalmar e a esperar ouvir aquela vozinha linda.
As 23h 53 olho no relógio e lá está ele do lado de fora de mim, de cabeça para baixo nas mãos do médico, logo mo mostraram, beijei-me e falei para ele, vi como era perfeitinho e lindo, sorri e sorri e sorri, esqueci-me de tudo o que tinha passado horas atrás, fiquei de olho nele enquanto o pesava, limpavam e vestiam, pensava no namorido cá fora quando o visse, via ele nos braços de uma enfermeira estagiária que lá estava aprender e a tomar instruções de uma profissional. e no entanto lá estava eles a cozerem-me ( levei agrafos apenas ), depressa me cozeram. Enquanto acabavam e o foram mostrar ao pai que estava cá fora, eu só me lembravaa como era lindo, e do chororo dele, perguntei quanto pesava, disseram 3100, mas afinal tinha 3180 depois descobri haha.
Mudaram-me de maca nesse entretanto dele longe de mim. Ele voltou puseram-no nos meus braços, eu não podia levantar nem a cabeça, e continuava a soro. Levaram-nos para a sala escura, só os dois ficámos lá a espera de alguém aparecer. A estagiária apareceu e eu lá a namorar ele, a ver tudo dele, como ele era, a falar para ele, esses primeiros bons momentos mágicos com ele nos meus braços a dois, a sós. O namorido entretanto foi buscar a minha mala e veio embora para casa, pois disseram-lhe que eu agora só saia dali daqui a duas horas (mentira), mas como era super tarde e ele também estava cansado veio para casa. Depois de ter o nosso bebe connosco só voltei a ver o namorido no dia seguinte, devido a má informação que lhe deram. Enfim... 
Apareceu dois enfermeiros um tempinho depois e levaram-nos para a sala de puérperas, onde já estava mais uma mamãe, com um prematuro que saiu logo no dia seguinte. 
Logo depois, o levaram para longe de mim por uns minutos e eu fiquei no quarto deitada a espera dele. Depressa voltou para junto de mim, eles iam lá pô-lo na mama, tirá-lo para o bercinho dele, pois eu não me pude levantar nem comer durante 12 horas seguidas.
A partir dai ficámos lá no quarto, os dois, a sós, conversei e mimei-o a noite toda, nem preguei um olho no sono só para estar a olhar para ele, e para ninguém o levar para longe de mim rs. Eu com o meu grande pequeno novo amor, na minha nova vida de mãe, e ele num novo mundo... 

Os dias seguintes ficam para outro post ...

56 comentários:

Em busca do sonho disse...

E é tão bom ser mãe não é? É um sentimento tão grande que não conseguimos explicar. Já o sentiamos quando o tinhamos na barriga, mas a patir do momento que os temos nos nossos braços tudo muda! E vai ver que a cada dia que passar o teu amor vai ficar muito maior.

bjinhos nossos e felicidades

Mamã Juliago disse...

Realmente tudo se resume ah parte final, tudo passa por eles :)
Parabens pelo Diego!

Queli disse...

Vc me fez relembrar tudo q eu passei com o Isaac. è tudo muito emocionante. Olha a anestesista ficou falando muito pra vc não dormir. É assim mesmo, o meu anestesista ficava falando um monte de coisas e eu tinha q responder ou dar sinal de q estava acordada.
Foi muito dificil passar por isso tudo, mas no fim vc nem lembrou mais da dor q sentiu. Todo nosso ser se enche de amor e tudo q passou fica para tras. Tudo vale a pena pra ter nossos pequenos em nossos braços. bjs

Juliana disse...

Ai Miriam, nem me fala, mas meu bebe tambem estava torto dentro de mim, por isso fiz a cesariana no dia 08, as dores de parto são muito doidas, pois meu outro filho foi parto normal, mas quando tudo da certo é muito melhor que a cesaria, mas fico feliz que no final tudo deu certo para vcs.

Um pouco de ti e de mim* disse...

Olá Querida!!!!

Nós sofremos muito mas no fim vale mesmo a pena, não é?
O meu parto foi parecido com o teu, mas não fiz cesariana... tive as dores até a minha princesa nascer. Mas valeu cada pingo de suor.

Parabéns pelo bebé mais uma vez.

Beijinhos**

jo nascimento disse...

Oi, o final feliz é o que fica na nossa memoria para sempre. Toda dor vale a pena para termos nossos pequenos nos braços!
beijinhos

Melanie Brown disse...

Bom que tudo acabou bem!!!! Desejo-te agora uma rápida recuperação, para que possa viver esse momento com mais liberdade e sem medos. Pro Diego muita saude!!!!!!!! E pra voces tres muito maor!!

Grande abraço!!!!!!!!!!!!!

Vanessa Castro disse...

Excelente Relato!!!

TUDO PASSA QUANDO OS VEMOS SAIR DE NÓS E O CHORO DELES É EMOCIONANTE... BEIJINHOS

mundodovictorhugo disse...

Puxa vida amei o relato, mas me angustiei em certas horas q tratavam vc mal... Uma tamanha falta de sensibilidade nessa hora tao especial p gente, poxa.
Mas enfim, o importante mesmo é ter seu bb lindo e saudável em seus braços!!!!!!!!!!!!!!!!
Qq coisa é só chamar!!!

Beijos,
Sheila.

Nara Azevedo disse...

Nossa que pessoas grossas e estupidas nesse hospital heim, cara se fazem isso comigo vendo que eu to sofrendo ahh eu chamo a policiiia uahua
mas que bom que tá tudo bem com o Diego e agora é só curtir muiiito a cria *.* cooisa mais liinda!

Michelle Marie disse...

Graças a Deus que no final deu tudo certo né? Depois de um dia intenso o Diegoa chegou quase no final da noite. Parabens, saude e tudo de bom pra vcs.

Marina Rocha disse...

Que bom que no fim deu tudo certo amiga, parabéns pelo Diego curta muito esse momento lindo de ter ele em seu braços ;)

beijos.

Andréia Sales disse...

Muito emocionante o seu relato e o mais importante é o nosso querido Diego lindo e com saúde.
Queremos fotos !!! Muitas Fotos !!!
Bjks

O Apê de Nós Dois! disse...

Amiga, quanta canceira né? O seu relato começa bem parecido com o meu, com a bendita indução, ams eu nem cheguei a sentir as dores.
Parabéns mais uma vez!!!bju

Alice e Jairton disse...

Que bom que agora está tudo bem mãmã... O Diego é lindo, parabéns! Agora é só curtir e se realizar com ele... Parabéns mamãe pelo esforço!!! Valeu a pena né! Beijinhos

Carol Meoli disse...

Fiquei emocionada... como todo relato de parto que leio... ainda mais por ter acompanhado de certa forma a sua gestação!!!
Quero ver fotinhos do pequeno lindo!!!
Beijos e que seja feliz com seu principezinho nos braços agora!!!

Vânia e Mariana disse...

é triste termos pessoas assim nos hospitais....Mas foi o que fizeste melhor ignorar.
No fim tudo ficou bem, e nos esquecemos tudo o que passamos :)

Beijinhos grandes.

Leny Alves disse...

Nossa quanta emoção!Você sofreu um bocado mas a recompensa foi sem tamanho não é!
Gostaria muito de ver a carinha do seu filhinho tão amado.
Que Deus continue abençoando ,dando muita saúde e felicidade!

Mudei de endereço viu!
http://meus-moments.blogspot.com.br/

Fiquei muito feliz por saber que tudo está bem com vcs!
Fica com Deus!

Edi - Pronta Para Ser Mãe disse...

Apesar de toda dor, sofrimento e até má vontade de alguns "profissionais" a recompensa de ter nosso baby nos braços, lindo e saudável, não tem preço.
Graças á Deus no final deu tudo certo.

Parabéns Mamãe.

Bjus
Edi

Aline disse...

Ai menina até ai onde vc mora tratam as gestantes assim,com desrespeito..horas,dizer q fariam cesária por nescessidade e não pra passar as dores..nossa,como se tivessem fazendo favor!

A responsábilidade é deles,de cuidar de paciêntes como se deve,e agir na hora certa..

Mas dos males o menor,fizeste o certo,calando-te nos momentos de "deboche"..aaff

O diego é lindo..e depois ficarão na tua mente apenas os bons momentos!!

Bjkas.

Bruna - .::Nossa História::. disse...

Que parto sofrido e desrespeitoso foi esse Miriam? Que horror!! fiquei chocada. Muita falta de respeito e muita coisa sem necessidade. Pra q tratar a parturiente desse jeito? Pra q tantos toques? Tudo sem necessidade. Olha cada dia passa me revolto mas e tenho mais vontade de lutar contra isso.
Mas graças á Deus ocorreu tudo bem e seu baby está ai com vc. Pena q vc não terá boas lembranças do parto em si.
Queria pedir sua autorização para postar o seu relato no facebook, no grupo de Doulas? Posso?

Beijos

Minha Filha Minha Vida disse...

Amiga qui angustia que senti com o jeito que te trataram neste momento tão lindo ....

Graças a Deus deu tudo certo e o que mais importa que é o seu lindo Diego esta bem e agora vocês estão completos !!!

FELICIDADES !!!!

beijão

Bruna - .::Nossa História::. disse...

Amiga vou copiar o relato daqui e colar lá, mas não vou citar seu nome e no relato tbm não tem nome de ninguem ok?
Beijos

sakura disse...

poças que parto complicado miriam!mas jà tens o principe e isso è o mais importante!aproveitem bem agora estes momentos lindos!!bjnhs

Grace Medice disse...

to sem palavras para descrever a raiva que estou sentindo pelo tratamento que te deram, afinal parace que estava a cometer um crime em dar a luz em dar a vida aff mas que bom que tudo vai bem com o voce e com seu pequeno mais me sinto muito triste que sua primeira esperiencia tenha sido assim

Rebeca Brito disse...

Nossa que angustiante... Fiquei muito triste por essa falta de respeito com você. Graças a Deus você foi forte e o bebê nasceu bem.

http://negrasnoaltar.blogspot.com

Susana disse...

É de lamentar mesmo que te tenham feito esses sucessivos toques, é desumano ! Ainda pramais que foram feitos por pessoas diferentes, o que não convém porque cada pessoa tem dedos diferentes e a medição que eles tiram é por aproximação, com tanta gente a 'medir' é obvio que nunca têm uma medida certa, para além do facto de te traumatizarem muito, porque é uma invasão.
Apesar de tudo o teu Diego veio lindo e saudável ao mundo ! Os meus parabéns !
Beijo ;o)

Thyallen Oliveira disse...

Poxa Miriam vc sofreu demais fiquei revoltada com o descaso desses medicos a achar que era bom vc sentir dor minha nossa! Mas graças a Deus agora esta tudo bem felizmente.

Bjs

Áries disse...

Ai, só de ler dá vontade de passar por tudo isso de novo, eu tive dois bebês de parto normal, o primeiro perdi com 17 dias de nascido e minha segunda filha está aqui linda e perfeita com quase 03 aninhos.
Não existe emoção maior que essa amiga, as dores a gente esquece no minuto seguinte só de ter nosso bebê nos braços, toda dor vale a pena para sentir essa emoção única.
Deus aebnçoe vcs!!!!!!

Bruna e Elcio disse...

Parabéns!!
O Diego é lindo!!!
Bjus =*

C@ty disse...

é verdade rs

Kariny disse...

FLORR! Primeiramente quero te dar os PARABÉNS! Eu não estava conseguindo abrir o seu blog, que bom que agora está funcionando pra mim novamente! Li o relato do parto, é difícil mesmo, a gente sofre, mas vale a pena né? Aí eles te deixaram sofrer muito, hein? Aqui quando viram que estava demorando muito, e eu sofrendo demais, me levaram a fazer cesariana, hehehe! Beijos e parabéns novamente!

Bina USA disse...

Ainda bem que como voce mesma diz, depois que o bebe nasceu voce ja havia esquecido o que havia passado, pq ninguem merece em um momento tao delicado ter pessoas grosseiras por perto.
Seu filho eh um lindo, que Deus os abencoe sempre!

Muita saude pra vcs!

Luigia Macena disse...

Oi, Miriam! Você é uma guerreira, parabéns!

Apesar de tudo que teve que passar se concentrou no Diego, isso que importa. Infelizmente muitos médicos perdem a sensibilidade e se esquecem que lidam com pessoas, né!

Mas graças a Deus que tudo ocorreu bem e que você e o Diego estão saudáveis!

Mil bjus

Rafaela disse...

Parabéns mamãe, pela chegada do seu pequenino! Nossa que relato viu. Mas o que importa é que vc´s estão bem e que graças a Deus o parto cesareo foi feito na hora certa!!!
Bjinhos nossos

Gleysa Lopes disse...

Tadinha de vc amiga, nossa o pessoal foi cruel hein, mas ainda bem que vc se focou em Diego, e isso é o que importa para nos mamaes os filhotes bem e saudavel!!

Adorei a parte que vc ficou acordada para não levarem ele de vc!! rsrs

Bjus e parabens pelo principe!!

Bibi disse...

Miriam!
Estou lendo e chorando de emoção com teu relato. Realmente o fim justificam os meios. E só de te imaginar ali, com ele, olhando-o mimando-o, me emocionei mesmo. Me imaginei fazendo o mesmo!
Que lindo! Que força você teve, que paciência. Parabéns! Diego tem uma mãe de ouro! E pai também!
Beijos e felicidades!

Anne kelly disse...

Que lindo relato, menina se tu morasse no Brasil, tinham feito logo a cesarea, vc nem teria sofrido tanto, mas tdo vale a pena por nossos filhos, como esta a recuperação, eu passei mta dor, bjinhus e tudo de bom pra nós e nossos babys....

Cristiane disse...

Finalmente o relato que muitas mamães queriam ver, afinal você já é uma querida. E creio que esperamos com você esta hora. Amiga sofreu hein?? Mas valeu com tu disse mesmo, que bom que estas com o pequeno e feliz. Parabéns. Cris

Escolhendo o sexo do meu bebe. disse...

Que post lindo mamae, essa experiencia vai ficar marcado pelo resto de sua vida né? Fiquei com saudades de quando vi meus pequeninos a primeira vez, não tem como se esquecer...rs bjkas e te desejo toooooooooooooda felicidade do mundo!!!!

Mamã Petra disse...

Depois deles nascerem esquecemos todo o sofrimento.

Beijinhos.

Camila Sabino disse...

LIMDO RELATO SEMPRE ME LEMBRO DO MEU, TODO O SOFRIMENTO PASSA ASSIM QUE OLHAMOS O ROSTINHO DELES!!!

wanessinha disse...

amei seu post miriam...
e muito bom relatar tudinho ne.....
guarda tuddinho pra quando o diguinho crescer e puder intender...ai vc mostra pra ele..como foi
tão aguardada a chegada dele....parabens novamnete
e tudo de bom pra ti sempre..xauzinho bjss
e fica com DEUS

Dreia disse...

O que importa é que no fim correu tudo bem... embora se dispensasse alguns comentários inapropriados vindo do pessoal de saude!

Diário da mãe e da filha disse...

E no final de tudo nasceu o lindo príncipe Diego!!
Agente sofre, mas no final tudo vale a pena

Mais uma vez parabéns pelo pequeno!!

Beijão
Lilia

Edna Fernandes disse...

Ai que lindo!!
Foi o seu momento e aconteceu como tinha que ser!!
Amiga se cuide mesmo, use cinta o máximo que puder, eu uso modelador ate hoje, afinal dizem que o abdomen leva um ano pra se firmar de novo ( ainda tenho esperanças kkkkkkkkk
muitos bjs pra vcs!!

Maura disse...

Q emoção! Parabéns pelo filhote!
Vim t convidar p participar de um concurso cultural do meu blog e garantir um exemplar do livro infantil "o dono da lua" para o pequeno Diego!
Inscrições ate dia 31: http://coisasdamaura.blogspot.com.br/2012/02/concurso-cultural-o-dono-da-lua.html
Bjos,
Maura, mamãe da Sophia

Aline Patrícia disse...

Querida que profissionais mais estúpidos e desrespeitosos, no momento mais importante da sua vida!
Mas que bom que vcs estão bem! Achei lindo o que escreveu!
Eu com o meu grande pequeno novo amor, na minha nova vida de mãe, e ele num novo mundo...
Bjos nos dois!

Mamãezinha disse...

Emocionante, mais nova mamãe da blogosfera. Lindo demais esse momento. Beijos aos dois!

Joanita disse...

estou lavada em lagrimas!! Eu tanto anseio por esse momento com o meu Diego...so de imaginar ve-lo.. emociono-me logo!!

jitos!!

Mônica disse...

Que horror! Pessoas te fizeram sofrer! Quanta grosseria com quem está a esperar um momento tão mágico!!! Graças a Deus acabou tudo bem linda!

Bjos!

Graciene de Jesus disse...

Olá Miriam,parabéns pelo nascimento do Diego! Muita saúde, paz e alegria pra sua linda família! Fiquei triste com a forma que trataram você neste hospital,mas que bom que teve um final feliz! Daqui 34 dias (antes ou depois)SEREI EU CONTANDO O NASCIMENTO DO MATHEUS.
Fique com PAPAI DO CÉU.
Beijim

Thaís Vilca disse...

Lindo o seu relato.
Muita saúde pro Diego e tudo de bom para sua família amiga!! =)

Gasparzinha disse...

Muitos parabéns e as maiores felicidades.
Beijinhos

Mãe Feijoca disse...

Ao ler-te lembreu-me do meu parto! Da vontade que tinhas do que desejavas que acontecesse e de como foi na realidaee! Td mt parecido!
Parabéns o teu bebe é lindão!
E o mais importante é k correu td bem.
Beijos

Jei disse...

Não havia nescessidade de te deixarem sofrer tanto! Enfim... que se ha d fazer...
importante é q no fim, correu tudo bem.
beijinhos

Enviar um comentário

 

Mamãe do Diego Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea